Ficha catalográfica: perguntas e respostas

Ficha Catalografica

Neste post você vai conhecer o que é a ficha catalográfica e sua importância para o livro. Também conhecida como Catalogação na Publicação, ela gera muitas dúvidas nos autores que estão começando ou decidem lançar seu livro de forma independente. Confira a seguir as respostas para as principais perguntas que recebo dos clientes:

Leia também: Conheça as principais etapas para publicar seu livro

O que é a ficha catalográfica?

A ficha catalográfica, catalogação na publicação ou catalogação na fonte é um instrumento que reúne num único lugar os dados mais importantes da obra, como autor, título, ISBN, assunto, etc. O layout e as regras de descrição são definidas pelo AACR2 (Anglo-American Cataloguing Rules). As primeiras iniciativas de catalogação na fonte surgiram no século XIX, contudo, sua adoção passou a ser mais ampla a partir da recomendação da UNESCO, em 1971.

Qual a importância da ficha para o livro?

Em primeiro lugar, a ficha catalográfica é um dos itens obrigatórios em livros publicados no Brasil, conforme consta no art. 6º da lei 10.753, de 30 de outubro de 2003 (Política Nacional do Livro). Além disso, a catalogação na publicação facilita a recuperação e o intercâmbio de informações da obra tanto no Brasil, quanto no mundo. A ficha é essencial ainda para o controle das livrarias e plataformas de vendas de livros.

Qual profissional é o responsável pela elaboração da ficha?

O bibliotecário é o profissional habilitado para a elaboração da ficha catalográfica. Para a catalogação na fonte estar correta, o bibliotecário utiliza-se de conhecimentos adquiridos durante o curso de graduação em Biblioteconomia e são fiscalizados pelo Conselho Federal de Biblioteconomia. Algumas agências como a Câmara Brasileira do Livro e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros entregam o serviço em 5 dias úteis. Bibliotecários independentes, como eu, entregam 2 dias úteis em média.

Livros mais vendidos Amazon

Um ebook precisa de ficha catalográfica?

Sim. Um ebook precisa cumprir com todos os requisitos do livro impresso, isto inclui o registro ISBN e a ficha catalográfica. A única diferença é que o e-book não passará pela etapa de impressão. Ao final do registro e da ficha catalográfica, o arquivo digital estará pronto para a comercialização.

Quando solicitar e onde inserir a minha ficha catalográfica?

O momento ideal para solicitar a ficha catalográfica é após a conclusão da diagramação e da revisão, para evitar correções nos dados da ficha que venham a atrasar a publicação ou gerar mais custos. A ficha catalográfica deve ser inserida na página de copyright, no verso da folha de rosto. Após a entrega da ficha pelo bibliotecário, basta repassá-la para o diagramador inserir na publicação ou você mesmo pode fazer isso com um editor de PDF, se tiver facilidade.

Ficou mais fácil entender a importância da ficha catalográfica para seu livro? Se estiver precisando de uma ficha, entre em contato que eu posso ajudar!

Deixe um comentário